Estúdio Musical - Fellipi Sodré

Fellipi Sodré

Começou a tocar bateria a partir dos 6 anos na igreja na cidade do Rio de Janeiro. Aos 8, mudou-se para Campinas e, juntamente com a bateria, estudou violão e piano, com professores da cidade e aos 15, já dava aulas de bateria nas escolas de música de bairro de Campinas.

Em 2013, veio para São Paulo estudar na FASM com o baterista Edu Ribeiro e em 2016 ingressou na EMESP, com quem estudou no 1o ano com Lilian Carmona e no 2o ano com Nenê.

Participou em 2016 do Septeto da EMESP que fez um intercâmbio de uma semana na Juilliard School, participando de aulas, masterclasses, workshops e shows.
Em 2017, em parceria também da EMESP e Juilliard School, tocou no evento da Câmara de Comércio Brasil/EUA em Nova York com um Septeto formado por alunos de ambas escolas.

Em 2018, ingressou na Orquestra Jovem Tom Jobim, tendo a oportunidade de acompanhar Mônica Salmaso, Teco Cardoso, Ted Nash (Juilliard School), Diego Garbim, Vítor Alcântara, Daniel D’Alcântara, sob a regência de Nelson Ayres e Tiago Costa. A Orquestra realizou concertos nas principais salas de concerto da cidade, como a Sala São Paulo, grande auditório do MASP, Theatro São Pedro e em cidades do interior de SP.
Ainda na Emesp tocou no Septeto e na Big Band da Emesp, sob coordenação do pianista Paulo Braga, Tiago Costa e do baterista Edu Ribeiro.
Participa ativamente da cena musical de SP, desde restaurantes como o Famiglia Mancini a casas de Jazz e bossa nova, como Café Society, LAG, JazzB, Jazz nos fundos, Terraço Itália, São Cristóvão, Bourbon Street, entre outros
Tocou com o Septeto do Chico Pinheiro, Nelson Ayres Big Band, Daniel d Alcântara e Vítor Alcântara, Thiago Alves, Roberto Sá, Carlinhos Noronha, André Vasconcelos, Ricardo Castellanos, Alba Santos, Aluísio Pontes, Lito Robledo, entre outros instrumentistas e cantores.